Sexta, 19 de Julho de 2024
16°C 30°C
Sidrolândia, MS
Publicidade

Jogos Escolares de MS oferecem infraestrutura adequada para valorizar o esporte e os participantes

Os Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul, para atletas de 12 a 14 anos, estão acontecendo em Campo Grande e proporcionando uma infraes...

22/06/2024 às 05h57
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

Os Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul, para atletas de 12 a 14 anos, estão acontecendo em Campo Grande e proporcionando uma infraestrutura adequada para atletas, técnicos, chefes de delegação, árbitros e todos os envolvidos.

Organizado pelo Governo de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura), o evento termina neste domingo (23), conhecendo os últimos campeões.

O Instituto de Educação, Desenvolvimento Humano e Institucional (IEDHI) venceu chamamento público da Fundesporte para cuidar da infraestrutura dos Jogos. A diretora-presidente, Adriana Varela, destaca que, desde a leitura do chamamento, ficou claro que a Fundesporte buscava uma nova modelagem de infraestrutura para valorizar o esporte e os participantes.

Continua após a publicidade

“Organizamos a infraestrutura para receber os 56 municípios participantes, oferecendo hotelaria, alimentação, serviços de limpeza, saúde e materiais de divulgação. Demos suporte completo para os locais de competição”, explica Adriana.

Adriana também menciona o impacto positivo do evento no setor empresarial local. “Contratamos 12 hotéis para hospedar atletas, chefes de delegações e técnicos, com café da manhã incluso. Organizamos almoço e jantar no Cedesc, onde montamos um centro de convivência para confraternização e socialização. O cardápio é balanceado e aprovado pela Fundesporte”, detalha.

Continua após a publicidade
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

O IEDHI garante a infraestrutura nos 11 locais de competição. “Levamos cadeiras, mesas, som, tendas, bebedouros, água e gelo, pois alguns locais não são ginásios. No Parque dos Poderes, montamos estrutura para ciclismo e, no atletismo, também instalamos toda a infraestrutura necessária”, diz Adriana. Além disso, a equipe é responsável pela limpeza dos locais de competição e pelo centro de convivência, bem como pelo setor de saúde, com técnico de enfermagem e ambulância disponíveis.

Também são fornecidos materiais de divulgação, faixas e banners com as logomarcas da Fundesporte e do Governo do Estado. “Distribuímos camisetas, squeezes, sacochilas e crachás aos participantes, e providenciamos geradores e banheiros químicos onde necessário”, acrescenta Adriana. Todos os atletas possuem seguro, e o transporte inclui vans para deslocamento entre os locais de competição e o centro de convivência.

Continua após a publicidade

Maria Celena de Souza, da Prime Buffet, é responsável pelas refeições no Cedesc. “Preparamos um cardápio variado, aprovado pela Fundesporte, e temos uma equipe de cozinha com 15 pessoas e uma nutricionista. Estamos conseguindo atender a todos”, afirma.

Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

Matheus Dulcídio Moura de Souza, treinador da equipe de Rochedo do futsal masculino, elogia a infraestrutura. “Tudo é excelente, desde os hotéis até a alimentação. Não temos do que reclamar. A organização está impecável”.

Adalberto Ferreira, técnico do futsal masculino de Jardim, também está satisfeito. “As crianças estão bem alojadas em hotéis, as quadras são espaçosas e limpas, e a alimentação está adequada para os atletas. A Fundesporte fez um ótimo trabalho”, comenta.

Rafael Ximenes de Oliveira, atleta do futsal masculino de Jardim, aprecia o hotel. “É simples, mas confortável. As quadras e a alimentação são boas. Esta é minha primeira vez nos Jogos Escolares e estou adorando”, diz.

Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

Miller Borvao Samairo, técnico da Escola Municipal Indígena Guarani Kaiowá, de Amambai, compara a infraestrutura dos Jogos Escolares da Juventude ao nível das competições nacionais. “A Fundesporte está sempre avançando. Participo de competições nacionais e a infraestrutura aqui está no mesmo nível, tanto nas quadras quanto no refeitório e no centro de convivência”, afirma.

Karina Lima, Comunicação Setesc
Fotos: Daniel Reino/Setesc

--
Relacionada: 

Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul celebram 10 anos de transformação

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sidrolândia, MS
30°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 30°

28° Sensação
3.8km/h Vento
22% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h15 Nascer do sol
06h16 Pôr do sol
Sáb 32° 17°
Dom 32° 16°
Seg 33° 17°
Ter 34° 17°
Qua 34° 17°
Atualizado às 12h05
Economia
Dólar
R$ 5,58 +0,51%
Euro
R$ 6,07 +0,39%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,64%
Bitcoin
R$ 392,202,74 +3,94%
Ibovespa
127,794,65 pts 0.11%